7.11.09

O ESTRANHO CASO DOS ADOLESCENTES QUE NÃO SORRIEM.


                                       Rosie Bancroft por Paul Floyd Blake©.  Imagem vencedora da edição 2009 do 
                                       Taylor Wessing   Photographic Portrait Prize.



Acima temos um  retrato da atleta paralímpica britânica Rosie Bancroft pelo fotógrafo Paul Floyd Blake. É a imagem vencedora da edição deste ano do Photographic Portrait Prize (PPP),  recentemente inaugurado na National Portrait Gallery de Londres. Crescente sucesso de público, o PPP  não está imune à sua dose de polémica, como relata o excelente British Journal of Photography.
Básicamente pelo que tem sido percebido como uma obsessão temática por retratos de sombrios adolescentes, onde não se vislumbra um sorriso. Alguns dos fotógrafos premiados argumentam que na pintura os retratados raras vezes sorriem, e que a exigência de que as pessoas sorriam em representações gráficas é recente; 'In real life you don't go around grinning', afirma Floyd Blake.




Parece assim existir uma notável diferença de foco entre a abordagem retratística do produtor profissional, que tenta captar a "vida como ela é", e a visão do público, que aguarda por imagens "da vida como deveria ser",  ou seja, com os sinais de felicidade omnipresentes na vastíssima produção doméstica de "instantâneos" do círculo familiar e da amizade.
Quanto à escolha do objecto primeiro, i.e os adolescentes como assunto, a explicação é linear. O fascínio pela adolescência projecta certamente a nossa expectativa colectiva na eterna juventude.
E será que a representação desse anseio de imortalidade no ar fechado destes modelos, de onde os sorrisos se mantêm arredados, é apenas um modismo visual, ou reflecte também o espírito angustiado dos tempos incertos que a contemporeaneidade ocidental vive?




Procurar mais pistas em edições anteriores do PPP, e a visitar também a página web do premiado.


ps. refira-se que em anos recentes o PPP tem sido patrocinado pela firma de direito Taylor Wessing, num exemplo de mecenato infelizmente cada vez mais escasso por estas paragens.

1 comment:

  1. pode-se perguntar o que faz sorrir um adolescente.

    ReplyDelete